Home > Destaques > “Prometi que convocaria todos os aprovados no concurso da PM e fiz”

“Prometi que convocaria todos os aprovados no concurso da PM e fiz”

Na noite desta terça-feira, 17, o governador Jackson Barreto participou da apresentação dos novos soldados alunos da Polícia Militar (PMSE), realizada no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). O evento dá início à capacitação técnica profissional de mais 237 PMs, e objetiva a excelência na prestação do serviço de segurança pública à população sergipana. Ao fim do curso, serão mais de 1.200 novos policiais que ingressarão na Corporação, a partir do concurso realizado em 2013, para reforçar a segurança na capital e interior do estado.

Essa será a terceira turma que, ao fim do curso, ingressará nos quadros da Polícia Militar do Estado de Sergipe. Em março de 2016, ingressaram na corporação 350 novos soldados e, em janeiro de 2015, aconteceu a formatura da primeira turma, constituída por 657 novos soldados.

A ação foi possível graças ao cumprimento do compromisso firmado pelo governador à PMSE. Com isso, o Governo do Estado zera a quantidade de excedentes do último concurso da PMSE. “Não tem nada mais importante para um homem público do que ele cumprir a sua palavra. Fizemos um concurso cujo edital previa a convocação de 600 novos militares, foram aprovados cerca de 1.200, prometi que convocaria todos os aprovados ao longo do mandato e fiz. Dessa forma, nós estamos encerrando a última leva dos aprovados, dando mais segurança à população e mostrando que a preocupação da sociedade com relação a segurança é a mesma que nós sentimos”, afirmou o governador.

Após passar por um processo seletivo, que analisou cerca de 42 mil concorrentes, os novos integrantes da Corporação enfrentarão uma maratona de atividades pedagógicas e operacionais em regime intensivo, nos turnos da manhã e tarde.

Em seguida, participarão de Estágio Prático Supervisionado de Policiamento Ostensivo, onde exercitarão na prática todas as técnicas e conhecimentos teóricos ministrados em sala de aula, na capital e no interior do estado, sempre acompanhados por policiais experientes, sob a supervisão dos seus instrutores e monitores.

“Esse curso é essencial para o trabalho e atuação desses agentes nas ruas, porque se eles não recebessem o treinamento, com os ensinamentos teóricos e práticos aqui no CFAP, eles chegariam às ruas sem a menor noção de como agir como policiais militares. Eles receberão desde aulas sobre a legislação brasileira, até técnicas de abordagem em ações de delitos. Isso é fundamental para a sobrevivência deles em campo, e para a proteção de toda sociedade sergipana”, explicou o comandante geral da PMSE, Marcony Cabral.

Os cursos de Formação de Soldado das Polícias Militares do Brasil buscam um currículo unificado, que foi estabelecido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, com matérias práticas, bem como relacionadas à área jurídica, como o Direito Penal e Direito Constitucional. Ou seja, uma formação que habilita os policiais a atender com eficiência a demanda da sociedade por segurança.

A nova soldada aluna, Maraísa Arcanjo da Silva, diz que o caminho foi longo, mas que finalmente conseguiu alcançar o que tanto sonhava. “Essa noite é a realização de um sonho. Sempre quis ser policial militar e graças a Deus eu fiz o concurso em 2013. Agora, o governador nos chamou para alegrar ainda mais a minha vida, a de todos dos sete pelotões que fazem parte dessa iniciação, e a de nossas famílias. Tenho expectativas de um Sergipe mais seguro, e tenho certeza que todos nós vamos batalhar muito para ajudar a conquistá-lo”, almejou.

Promoções

O governador do Estado, juntamente com o comandante geral da PMSE, Marcony Cabral, promoveu, conforme os critérios de antiguidade e merecimento, a promoção de 27 integrantes da corporação, entre praças e oficiais. Para Jackson, as mudanças de patente são mais que um dever, são o reconhecimento do Estado aos serviços prestados pelos agentes da instituição.

“Esse é o reconhecimento e o cumprimento do nosso dever àqueles que foram promovidos. Hoje o estado faz justiça aos homens e mulheres preparados, qualificados, e que não eram reconhecidos pelos trabalhos exercidos, pela capacidade que possuem e pelas capacitações adquiridas. Hoje, nós honramos o quadro dos oficiais e praças da nossa briosa e querida polícia Militar”, declarou.

“É um momento ímpar. Apesar das dificuldades que o nosso estado tem passado sinto que conseguimos lograr êxito ao chegar à promoção. É algo que vai me marcar profundamente pelo resto da minha vida, pois a alcancei pelo trabalho desempenhado durante os quase 25 anos de serviço ostensivo”, revelou o praça Hércules Andrade Silva, que passou de primeiro sargento para subtenente.

A capitã Isabela Maria Santos Ferreira de Menezes, promovida a major durante a solenidade, disse que o momento é de extrema alegria. “Sinto um grande orgulho e estou muito feliz de fazer parte da família da Policia Militar. A minha família também foi muito importante para essa conquista. Todos à minha volta estão alegres”, comemorou.

Segundo o comandante geral da PM, esse é um momento de renovação na corporação. “Aquelas pessoas que ao longo de suas carreiras têm a ascensão profissional são estimuladas a continuar o trabalho na defesa da sociedade, além de incentivar os próprios colegas a seguirem o mesmo caminho”, falou.

Medalhas

Também aconteceu a outorga da Medalha do Mérito Militar, instituída pelo Decreto nº 10.632, em 1989. A condecoração visa reconhecer e premiar militares, civis ou até mesmo outras Instituições, pela prestação de serviços relevantes à Corporação.

Daniel de Lima Vasconcelos, que trabalha desde 2016 como juiz da Auditoria Militar e tem intensa atividade ligada à instituição foi um dos homenageados da noite. “Para mim, é uma satisfação muito grande receber esse reconhecimento da PM, uma instituição quase bicentenária que tem prestado um serviço muito relevante para o estado e para toda a sociedade sergipana”, agradeceu.

Lucivanda Nunes Rodrigues, superintendente-executiva da Secretaria de Planejamento também foi uma das homenageadas por auxiliar em diversas questões administrativas da PMSE. “Estou muito emocionada e sou grata à Corporação, ao comandante, ao governador Jackson e toda sua equipe pelo reconhecimento e pelo trabalho que têm realizado junto com a gente para tornar Sergipe um lugar melhor”, disse.

Investimentos em segurança

Em dezembro de 2016, o governador Jackson Barreto sancionou a Lei de Subsídios aos Militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Em 29 de setembro, havia assinado Mensagens e Projetos de Lei sobre progressão automática na carreira e subsídios, consolidando direitos adquiridos pelos policiais militares e pelos bombeiros.

A Gratificação de Atividade em Eventos (Grae) foi transformada em Retribuição Financeira Transitória pelo Exercício de Atividade Extraordinária (Retae) em 2017, permitindo que cabos e soldados recebam valor duas vezes e meia maior que o anterior. Passa a haver auxílio uniforme anual no valor de R$ 1.700,00 que beneficiará todos os oficiais e praças da PMSE/BMSE. Com as medidas, o policial militar passar a ter subsídio como forma de remuneração, desaparecendo a possibilidade de perdas na sua aposentadoria de algum recurso.

Na área de perícia, foram nomeados 34 profissionais criminais classificados em concurso público para as carreiras de atividades periciais da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp) da SSP. Os novos servidores foram contratados para trabalhar nos Instituto de Criminalística, Médico Legal, de Identificação e ainda de Análise e Pesquisa Forense (IAPF).

Ainda em 2016, foram nomeados 100 agentes de Polícia Judiciária Substituto e 20 escrivães substitutos para a Polícia Civil. Recentemente, foram nomeados dez agentes e dez escrivães para a Regional de Tobias Barreto e mais dez agentes e dez escrivães para a regional de Itabaiana.

O Governo do Estado também agiu em prol da valorização dos servidores, por meio da recomposição dos salários, que atingiu todas as classes e hierarquias das Polícias Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros. Sergipe é o estado que tem a política salarial mais avançada do Nordeste e uma das mais altas do país. Outra vantagem é a ampliação do período de licença maternidade das servidoras, que foi ampliado de 120 para 180 dias através de Emenda Constitucional.

Para colaborar com as ações de segurança, o Estado providenciou, também, a implantação do novo sistema de radiocomunicação digital da SSP, resultado de investimento de R$ 26.823.356,52. Com o equipamento, Sergipe é o único estado a ter 100% do território coberto com comunicação digital.  Além disso, o governo investe R$ 10,7 milhões na aquisição de armas, munições, coletes e equipamento de proteção para as Polícias Civil e Militar, e disponibilizou 32 bases móveis de Polícia Comunitária. As unidades foram adquiridas por meio do convênio firmado com o Ministério da Justiça, totalizando um investimento de R$ 4.784.000.

Presenças

Também participaram da solenidade o secretário da Comunicação Social, Sales Neto; o secretário de Agricultura, Esmeraldo Leal; o secretário de Cultura, Irineu Fontes; o superintendente-executivo da SSP, cel. José Pereira de Andradeo; superintendente-executivo da Sejuc, tenente-coronel Reinaldo Chaves; o chefe do Gabinete Militar do Governo do Estado, Eduardo Henrique Santos; o subcomandante geral da PM, cel. Lúcio Monteiro Vasconcelosa; a subchefe do Estado Maior Geral da PMSE, cel. Rita de Cássia Silvestre; o diretor de Saúde do HPM, cel. George Araújo; o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira; os vereadores da Câmara Municipal de Aracaju, Bigode do Santa Maria e Zezinho do Bugio, e o ex-comandante geral da PMSE, Magno Silvestre.

 

Fonte: ASN

Imagem: André Moreira/ ASN





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.