Home > Destaques > Policiais prendem estelionatário em Propriá

Policiais prendem estelionatário em Propriá

Policiais Civis da Delegacia Regional de Propriá, sob o comando dos Delegados João Eduardo e Antônio Wellington, efetuaram na noite dessa quarta-feira, 9, a prisão de Lucas Menezes da Trindade, de 22 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela juíza da Justiça Federal com sede em Santa Cruz do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul.

Consta que ontem, 9, um corretor de imóveis da cidade de Propriá foi procurado por Lucas, o qual se apresentou como empresário e investidor e estaria sondando imóveis na região com o intuito de realizar investimentos, afirmando possuir mais de nove milhões de reais em conta-corrente para tal fim. Ao final do dia, após visitarem alguns imóveis, assinaram contratos de compra e venda de dois terrenos, sendo uma fazenda no município de Canhoba, no valor de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) e lotes no município de Japoatã, no valor de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais), deixando para finalizarem a transação na manhã do dia seguinte.

Segundo o Delegado Regional João Eduardo, diante da divergência de algumas informações, durante à noite, o corretor se dirigiu à Delegacia Regional de Propriá e em conversa com os delegados, foram realizadas consultas acerca da situação do suposto comprador, verificando-se que ele responde a crimes de estelionato, porte ilegal de arma de fogo e denunciação caluniosa, existindo um mandado de prisão em seu desfavor expedido pela Justiça Federal do Rio Grande do Sul.

Emposse dessas informações, os policiais juntamente com os delegados foram ao local onde ele estava hospedado e efetuaram a prisão, onde também encontraram vários cheques sem fundos e extratos de conta-corrente, confirmando-se que Lucas vinha praticando golpes em vários lugares do Brasil.

Fonte: SSP/SE





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.