Home > Entretenimento > Tv e Famosos > MC Soffia de 11 anos canta o combate ao preconceito

MC Soffia de 11 anos canta o combate ao preconceito

De temperamento forte MC Soffia de apenas 11 anos, resolveu encarar problemas de gente grande. As letras de suas músicas falam sobre distorções sociais graves, como preconceito, racismo e machismo. A menina fala sobre o orgulho de ser quem ela é e incentiva outras garotas a se amarem também.

Soffia diz que conhece muitas meninas negras que alisam o cabelo para não sofrerem com racismo de outras crianças. Porém, a pequena cantora diz que, agora, tem respostas prontas para os preconceituosos. Se alguém fala mal do cabelo dela, por exemplo, ela responde: “Meu cabelo não é duro, meu cabelo é cacheado. Duro é o seu preconceito”.

Quando o assunto é influências musicais, MC Soffia diz que é muito fã de Beyoncé, Rihanna, Nicki Minaj e Jennifer Lopez. Ela diz que começou a fazer aulas de inglês para entender o que elas cantam em suas músicas e, quem sabe, um dia fazer um show ao lado delas. No Brasil, suas referências são Karol Conká, Flora Matos e Divas do Hip Hop.

A convivência com exemplos de mulheres fortes dentro da família também faz com que a menina tenha referências sobre sua atuação na música e na sociedade. A mãe, Kamilah Pimentel, é militante do movimento negro e ajuda a filha nas composições. A avó, Lúcia Makena, faz bonecas de pano negras para criar uma referência para crianças que não se identificam com bonecas vendidas no mercado. A própria neta é muito apegada às bonecas com cabelos cacheados e pele negra.

MC Soffia diz que também pesquisa sobre exemplos de feminismo como Frida Kahlo e Carolina de Jesus. A menina afirma que quer saber como elas conseguiram “dar uma melhoradinha” na sociedade. Quando crescer, MC Soffia diz que quer ser médica para cuidar dos índios. Além disso, ela diz que quer estudar medicina para ajudar em causas humanitárias, em geral. Ela afirma que quer ajudar os negros de outros países também, que não têm atendimento médico adequado. /Com informações do R7

 

Imagem: Eduardo Enomoto/R7





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.