Home > Cultura > Mais de 400 mil pessoas já visitaram o Museu da Gente Sergipana

Mais de 400 mil pessoas já visitaram o Museu da Gente Sergipana

Há cinco anos, Sergipe ganhou um espaço criativo, lúdico, interativo e apaixonante, que valoriza e dissemina a memória e a cultura da gente sergipana. Instalado no prédio que existe há 90 anos e onde, por um longo período, funcionou o Colégio Atheneu Pedro II, o memorável Atheneuzinho, o Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda é esse ambiente onde o sergipano e o turista se encontram com as tradições, os sabores, os saberes, os falares, os costumes, as paisagens e a história do povo de Sergipe.

Mais de 400 mil pessoas já viveram essa experiência através da tecnologia e interatividade presentes em cada uma de suas instalações permanentes e temporárias, além do atraente calendário de ações culturais e educativas. Sempre em movimento, o Museu da Gente Sergipana é um marco no estado por reunir as manifestações tradicionais e as recriações artísticas em um mesmo ambiente de celebração da cultura sergipana, nele, os talentos sergipanos são sempre bem vindos à missão de revelar Sergipe ao Brasil, ao mundo e aos próprios habitantes do estado.

E são eles, os sergipanos, os principais responsáveis pelo grande público recebido pelo Museu desde sua inauguração, em 2011, seguido dos visitantes de outros estados do nordeste. Os números comprovam esse grande fluxo no museu. No ano de 2015, por exemplo, dos 79.446 visitantes, 45.289 são de Sergipe. A professora Laís Santana, do município de Cumbe, é uma das sergipanas que já visitou o museu, inclusive mais de uma vez. “Aqui, cada visita é uma nova experiência, tem um novo significado. Esse museu permite que a gente conheça as marcas do nosso povo e também respeita o que é singularmente nosso. Que esses 400 mil se multipliquem para que mais pessoas vivam essa experiência incrível”, afirma.

Para Ezio Déda, diretor superintendente do Instituto Banese, responsável pela administração do museu, o número comprova o sucesso do Museu da Gente e sua importância para a cultura sergipana. “O Museu da Gente Sergipana celebra seu quinto ano de existência com mais de 400 mil visitas, um número bastante expressivo, pois significa que uma média de 80 mil pessoas, entre sergipanos e turistas do Brasil e do mundo, vieram a esse museu em cada um desses anos. Isso evidencia o quanto o próprio acervo do museu e a sua programação fazem dele um espaço vivo e pulsante da memória e da cultura de Sergipe, o que faz com que as pessoas queiram retornar mais vezes. Esse é o maior projeto de responsabilidade social, através da cultura, que o Banese e o Governo do Estado poderiam realizar”, afirma Ezio Déda.

O importante papel que o museu desempenha de registro, valorização e disseminação da cultura sergipana é acompanhado de perto por um grande público de estudantes de escolas públicas e particulares que o museu recebe diariamente. “Eu nunca tinha vindo ao museu. Eu pensei que iria encontrar muitas esculturas velhas e me surpreendi bastante como tem muita tecnologia, é bem interessante. Aprendi muito sobre nosso povo, através da tecnologia e das exposições. Achei bacana o tanto de palavras sergipanas que nunca tinha ouvido falar, é tudo muito curioso”, expressou o estudante Rodolfo Macena. “Essa visita ajuda muito em nossa educação, porque aqui podemos conhecer várias coisas que ainda não conhecíamos, que ninguém nunca tinha dito para a gente. Quando chegar em casa vou contar para os meus pais tudo o que aprendi nessa visita”, completou a também estudante, Maísa Vieira, ambos estudam no Centro Educacional Infanto Juvenil, em Aracaju.

 Museu da Gente Sergipana

Inaugurado em 26 de novembro de 2011, o Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda é o primeiro museu de multimídia interativo do norte e nordeste, sendo comparável ao Museu da Língua Portuguesa e ao Museu do Futebol, em São Paulo. É um museu totalmente tecnológico voltado para expor o acervo do patrimônio cultural material e imaterial do estado de Sergipe, através de instalações interativas e exposições itinerantes. Instalado no antigo prédio do Colégio Atheneuzinho, o prédio foi totalmente restaurado pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese), Banese Card e pela Banese Corretora de Seguros, que são seus mantenedores, em parceria com o Governo do Estado.

Considerado um marco histórico para o Estado de Sergipe, o museu conta com diversos espaços expográficos, como “Nossos Cabras”, “Nossos Pratos”, “Nossas Praças”, “Nossas Festas”, “Nossos Leitos”, além de exposições temporárias, a exemplo de ‘Mamulengo de Cheiroso: A Magia no Teatro de Bonecos’, atualmente em cartaz.  O espaço também dá lugar a eventos culturais que já fazem parte do seu calendário, como a ‘Folia da Gente’, ‘São João da Gente Sergipana’, ‘Agosto: Mês das Culturas da Gente’, ‘Tempo de Criança no Museu da Gente’ e ‘Natal da Gente Sergipana’.

Além das instalações permanentes, exposições temporárias e uma programação diversificada de eventos e apresentações artísticas, o Museu da Gente conta com mais dois espaços que completam o mergulho na alma do povo sergipano, que através da culinária e do artesanato destacam as riquezas do patrimônio cultural da nossa gente: o Café da Gente e a Loja da Gente.

Durante esses cinco anos, além do reconhecimento do público, o Museu da Gente Sergipana obteve várias conquistas que reforçam o seu potencial. Diversos prêmios o destacaram como importante meio de valorização e disseminação cultural e como atrativo turístico. Em outubro de 2012, conquistou o prêmio ‘O Melhor da Arquitetura 2012’, na categoria ‘Restauro’, uma premiação inédita para Sergipe. O Guia Quatro Rodas Brasil 2013, principal publicação nacional de turismo, também o reconheceu em 2012 como “Atração do Ano”. Em 2013, foi condecorado com o prêmio Rodrigo de Melo Franco Andrade na categoria ‘Responsabilidade Social’, concedido pelo Iphan para ações de destaque nacional na preservação e promoção do Patrimônio Cultural. Em 2014, entrou na lista do site de Viagens TripAdvisor como um dos 10 melhores museus do Brasil, além de receber do mesmo site o Certificado de Excelência 2014 no setor ‘Hospitalidade ao Redor do Mundo’. E em 2015, constou na lista dos museus mais visitados do Brasil.

O Museu da Gente Sergipana está localizado na Avenida Ivo do Prado, 398, Centro, em Aracaju, e aguarda a visita de sergipanos e turistas de terça a sexta-feira, das 10h às 16h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 15h. O telefone para contato é o (79) 3218-1551.

Fonte: ASN

Imagem: Marcio Garcez





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.