Home > Economia > “Esse projeto poderá transformar Sergipe na porta de entrada de toda demanda da energia do NE”, diz presidente da Celse sobre termoelétrica

“Esse projeto poderá transformar Sergipe na porta de entrada de toda demanda da energia do NE”, diz presidente da Celse sobre termoelétrica

Atendendo à solicitação do Governo de Sergipe, as empresas Centrais Elétricas de Sergipe S/A (Celse) e General Eletric do Brasil (GE), responsáveis pela construção da maior usina termoelétrica da América Latina, que será instalada na Barra dos Coqueiros, realizaram na manhã desta quinta-feira, 19, no Radisson Hotel, o workshop UTE Porto de Sergipe, em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). A iniciativa teve como objetivo dar oportunidade às empresas sergipanas de fazerem parte do projeto, a partir do conhecimento das demandas necessárias à sua edificação.

De acordo com o presidente da Celse, Eduardo Maranhão, a ideia do workshop foi para esclarecer todas as dúvidas existentes a respeito do projeto e transmitir o máximo de informações com dados gerais sobre a obra e sua operacionalização em Sergipe. “Viemos pra ficar e realizar esse projeto que poderá transformar o estado na porta de entrada de toda demanda da energia do Nordeste”, afirmou ao ressaltar que o projeto compreende um complexo de termoelétricas que serão construídas por fases, sendo a primeira a UTE Porto de Sergipe, com capacidade de gerar até 1.516 MW de energia.

O secretário Chico Dantas, que fez a abertura do evento, saudando os empresários presentes, em nome do governador Jackson Barreto, agradeceu aos representantes das empresas pela realização do workshop. “Ficamos felizes em poder oportunizar às empresas sergipanas a participação nesse projeto grandioso, que vai gerar empregos, renda e negócios em Sergipe, contribuindo para o futuro do estado”, destacou.

O assessor de Políticas e Desenvolvimento do governo, Oliveira Júnior, também destacou a importância da realização do evento. “Esse workshop tem um significado que vai além da construção, em si, da termoelétrica, visto que no nascimento de uma indústria competitiva, não existe insumo mais importante do que a energia elétrica e não existe produção que não passe pela produção energética. A construção dessa obra terá um efeito inicial muito importante para a economia de Sergipe e será muito gratificante ver a participação de empresas locais, gerando mão de obra no estado”, reforçou.

Para o sócio-proprietário da Semil Serviços Mecânicos e Industriais Ltda, Peterson Barros, a expectativa ao participar do evento é de criar novas perspectivas de negócios com a instalação da termoelétrica. “Vim conhecer mais sobre o projeto e saber como minha empresa poderá participar”, disse o empresário que há 40 anos atua no ramo de metalmecânica, com produtos para a área de saneamento, conexões e estruturas metálicas.

O gerente executivo da Romac Ferramentas, Rogério Nunes, também participou do workshop com a expectativa de realizar novos negócios para sua empresa. “É uma oportunidade da gente se mostrar e confirmar que Sergipe tem empresas capacitadas para atender aos mais diversos segmentos. Esse é um evento fantástico e muito importante para que as empresas de fora conheçam o mercado local”, destacou ao observar que sua empresa já atua há oito anos, instalada no bairro América, fornecendo soluções em máquinas e ferramentas para manutenção industrial, profissional e hobista.

O evento também contou com a participação do vice-presidente de ações governamentais da General Eletric, Erick Camarano. Ele destacou a dimensão da usina e de como o projeto será importante para Sergipe, por explorar as capacidades locais. “Na UTE Porto de Sergipe vamos trabalhar com a primeira turbina a gás 7HA de toda a América Latina e somente em equipamentos e serviços estão sendo investidos US$ 900 milhões no projeto”, reforçou.

 

Fonte: ASN





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.