Home > Cidades > Em reunião com médicos, Edvaldo reafirma que pagará quatro salários em dois meses

Em reunião com médicos, Edvaldo reafirma que pagará quatro salários em dois meses

Após se reunir no início da tarde desta sexta-feira com 10 sindicatos classistas da área da saúde municipal, o prefeito Edvaldo Nogueira terminou seu expediente de trabalho em novo compromisso, desta vez com os médicos de Aracaju.

Recebendo o Sindicato dos Médicos e sua diretoria, Edvaldo expôs a situação financeira de como recebeu a Prefeitura de Aracaju, com dívidas superiores a R$ 530 milhões, mas assegurou aos profissionais da saúde que, a contar da data de hoje, irá pagar quatro folhas salariais em apenas dois meses de gestão.

Ele enumerou como sendo sua cota o 13º salário já quitado no dia 10 de janeiro, o salário atrasado de dezembro que deverá estar na conta dos servidores em fevereiro, além dos salários de sua gestão – janeiro e fevereiro – que serão pagos até o 5º dia útil de fevereiro e março, respectivamente.

“É um esforço muito grande da gestão e do meu compromisso com todos os servidores públicos, e não poderia ser diferente com a classe médica”, cravou o prefeito ao dialogar diretamente com os representantes classistas na sede da Prefeitura.

Em sua explanação, Edvaldo disse que o salário do servidor municipal de janeiro já está escalonado, iniciando com o dia 31 para Educação e Saúde; 02/02 para as demais Secretarias, e finalizando até 07/02, 5º dia útil do mês, com o pagamento de aposentados e pensionistas.

“No mês de fevereiro, que é curto e ainda tem o carnaval, nós também quitaremos toda a folha até o quinto dia útil de março, ou seja, colocaremos os salários em dia. Em março, voltaremos a conversar com todas as categorias”, afiançou.

Participaram do amplo debate com os médicos os secretários Municipais de Fazenda, Jeferson Passos; de Governo; Carlos Cauê; de Saúde, André Sotero; de Comunicação, Luciano Correia, além do Sindmed, cujo presidente, João Augusto Oliveira, fez referência ao diálogo do prefeito com sua categoria.

“Preciso destacar que houve muita transparência no que foi apresentado pelo prefeito e, embora não seja a melhor maneira de quitar nossos débitos, vamos levar as propostas para a assembléia dos médicos visando uma reflexão do que ouvimos aqui”, destacou o sindicalista.

Câmara de Vereadores – Preocupados com o pagamento do salário atrasado de dezembro, os médicos fizeram um apelo para que a Câmara Municipal de Aracaju seja convocada extraordinariamente para aprovar a Lei que regulará a concessão do empréstimo dos servidores junto à rede bancária, como forma de apressar o recebimento da dívida deixada pela gestão passada.

“Tenho pensado várias soluções. Se tivesse dinheiro em caixa pagaria o todo salário de janeiro dia 31. Vou dialogar com a Câmara, estamos negociando com as agências bancárias a operação de crédito, que não trará nenhum prejuízo ao servidor, mas precisamos ter cautela para que nada ocorra de errado”, ponderou o prefeito.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Aracaju

Imagem: Janaína Santos





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.