Home > Cidades > Em Itabaianinha, governador destaca importância do Mão Amiga

Em Itabaianinha, governador destaca importância do Mão Amiga

O governador Jackson Barreto participou de mais um seminário do Programa de Transferência de Renda e Geração de Cidadania ‘Mão Amiga’ Citricultura, desta vez, em Itabaianinha, município do Sul sergipano, nesta quinta-feira, 23.

O governador falou da responsabilidade do Estado com os trabalhadores da laranja e afirmou que, apesar das dificuldades financeiras enfrentadas, o governo não poderia cogitar cancelar um benefício que é fundamental para subsistência desses trabalhadores rurais. “É um projeto social que a gente faz com amor e com a certeza de que está cumprindo com o nosso dever. Aqui em Itabaianinha, já foram mais de 4.600 benefícios liberados desde 2009 para os catadores de laranja durante a entressafra. O que a gente faz nesse momento é dizer à população que o governo, apesar das dificuldades, não pode abrir mão de obras que são feitas com o coração, como um projeto social como esse, que ajuda as pessoas e que contribui para melhorar a vida delas. Esse benefício é uma complementação para cada catador de laranja, como é também o Bolsa Família. O Mão Amiga é um projeto, que não é feito de cimento, é uma obra que não tem pedra, mas é uma obra que tem coração e que tem consciência”, ressaltou.

A beneficiária do Mão Amiga, Laís Santos da Cruz, reforçou o que foi dito pelo governador. “É bom pra gente. Muitos não têm condições e trabalham muito pra conseguir sustentar a casa. Na minha família tem três pessoas e esse dinheiro ajuda a comprar o que a gente precisa, como remédios e alimentação”, disse.

Nesta última edição do programa, já foram pagos R$ 397.290 a 696 agricultores da citricultura itabaianinhense, nas primeiras três parcelas. O programa tem como objetivo promover, durante os períodos de entressafra, a transferência de renda aos trabalhadores rurais que cultivam laranja e cana-de-açúcar. Apenas nesta última edição (de dezembro de 2016 a março de 2017), 4.448 plantadores de laranja dos 14 municípios cadastrados já foram beneficiados.

A trabalhadora rural Valdelice Maria Alves de Jesus afirmou que na época da entressafra quase não há trabalho nas plantações e a renda familiar, que já é pequena, fica ainda menor, o que explica a importância do benefício para esses homens do campo. “Esse dinheiro é uma benção para nós. Ajuda a comprar as coisas da casa, como o botijão, pagar energia, comprar roupa para os meninos. É uma benção na vida de todo mundo. Com o nosso trabalho, a gente recebe R$25 ou R$30, depende do dia. Nem sempre tem trabalho na colheita da laranja”.

Todos os municípios que possuem agricultores familiares beneficiados pelo auxílio receberão os seminários. Nos eventos, eles serão informados e orientados sobre o programa, sobre outros benefícios públicos e sobre o desenvolvimento do cultivo da laranja no campo.

A presença dos trabalhadores é fundamental, pois a participação deles é pré-requisito para continuarem cadastrados. Se o beneficiário não puder comparecer, deve enviar um membro da família munido da carteira de identidade da pessoa que está cadastrada para resgatar o benefício.

“Essa tarde tem o objetivo de informar o homem e a mulher do campo, de criar caminhos e oportunidades para eles terem cada vez mais acesso aos seus direitos. Assim, o governador manifesta sua intenção de cuidar das pessoas, do povo que mais precisa do apoio do Governo do Estado. Esse auxílio vem acontecendo de forma muito presente com Jackson Barreto. É a primeira vez que esse programa tem o acompanhamento constante do Estado e a presença de um governador”, destacou o secretário de Estado da Inclusão, José Sobral.

José Everaldo Sena Santos, um dos representantes dos catadores de laranja em Itabaianinha, afirma que confia no comprometimento do Governo do Estado em melhorar a vida das pessoas. “Participei da fundação desse projeto e sempre acreditei nele e na ajuda que o estado oferece, pois se não fosse o governo, não teríamos esse dinheiro que nos ajuda na economia da casa, a pagar as contas básicas pra nossa sobrevivência nesse momento de dificuldade. Todo mundo sai ganhando com isso, porque esse programa acaba mantendo a geração de emprego e renda para o estado e para o município de Itabaianinha”, declarou.

O deputado estadual Zezinho Guimarães reforçou a importância do trabalho dos catadores para a economia do estado. “Temos que agradecer ao governador e dizer como esse programa é importante para o agricultor. Nós temos a maior área plantada do estado, o que significa que a produção de subsídios que saem das nossas industrias é de enorme relevância econômica para Sergipe. Somente aqui, temos quase 700 agricultores que vivem diretamente da planta. É um esforço muito grande que o governo vem fazendo com esse programa e a presença de Jackson aqui representa a gratidão de todos os que fazem parte da gestão dele para com os agricultores, pelo trabalho que eles têm realizado ao longo desses anos”, salientou.

O prefeito de Itabaianinha, Danilo de Carvalho, agradeceu a atenção do governador com o município. “Hoje nós somos o maior produtor de laranja de Sergipe. Aqui temos grande número de catadores que vivem diretamente da laranja. Ao mesmo tempo estamos passando por um momento muito difícil que é a seca. Tem gente que diz que essa é a maior do século e que atinge não só Sergipe como outros estados. Esse investimento em nosso município vem numa hora muito importante. O Mão Amiga vem amenizar a situação complicada que nosso município está passando, em especial as pessoas que vivem da laranja. Quero dizer que esse programa vem nesse ano com marca maior, pois além dos nossos frutos estarem comprometidos, nossos pomares também estão”, revelou o gestor municipal.

Danilo enfatizou que Jackson sempre se coloca disposto para ajuda o povo de Itabaianinha. “Com relação às palestras realizadas hoje, espero que vocês tirem proveito. Esse evento marca o compromisso do governador e do prefeito Danilo com vocês. Temos batido sempre na porta de Jackson Barreto e ele não mede esforços para ajudar nosso município e essa ação de hoje é um exemplo disso”, disse aos munícipes.

Até agora, as palestras já foram realizadas em Santa Luzia do Itanhi, Itaporanga, Salgado, Boquim, Arauá, Pedrinhas e Tomar do Geru. Nas próximas semanas elas ocorrerão em Cristinápolis, Umbaúba, Estância, Indiaroba, Riachão do Dantas e Lagarto, completando o cronograma de capacitações.

Mão Amiga Citricultura

Em execução desde 2009, o programa da Seidh consiste no pagamento de quatro parcelas no valor de R$ 190 às famílias de produtores que estejam inscritas no ‘Cadastro Único’ do Governo Federal para benefícios em programas sociais. As parcelas são pagas como complementação de renda durante a entressafra da citricultura e da cultura da cana de açúcar.

A iniciativa é uma parceria da secretaria com a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Secretarias Municipais de Assistência Social.

Desde sua criação 2009, apenas em Itabaininha, já foram liberados 4.657 benefícios, correspondendo a um total de R$ 3.407.080 investidos. Nos 14 municípios do cultivo cítrico, já foram pagos 34.973 benefícios, que correspondem a R$ 25.734.360 – recursos oriundos do Fundo Estadual de Erradicação e Combate à Pobreza (Funcep).

Considerando os 14 municípios, 4.448 beneficiários receberam, até o momento, R$ 2.535.360. Com a quarta parcela, a ser paga no próximo mês, o valor total atingirá R$ 3.207.000.

Já o Programa Mão Amiga ‘Cana de Açúcar’ abrange 20 municípios e já pagou22.540 benefícios com um valor total de R$ 17.130.400. Somados, Mão Amiga Citricultura e Cana já pagaram benefícios no valor de R$ 42.864.760.

Presenças

Também estiveram presentes durante a solenidade o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto, o diretor-presidente da Cohidro, José Carlos Felizola Soares Filho, o deputado federal Fábio Reis, a vice-prefeita de Itabaianinha, Janier Primo, a superintendente executiva da Seidh, Roseli Andrade, o chefe regional da Emdagro, Agrônomo Carlos Alberto Torres, a presidente da câmara de vereadores do município, Josefa Alves Costa, além de diversas lideranças políticas de Itabaianinha.

 

Fonte: ASN

Imagem: Victor Ribeiro/ASN





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.