Home > Empresas > Crédito orientado e fundo de aval darão fôlego para pequenos negócios

Crédito orientado e fundo de aval darão fôlego para pequenos negócios

Os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para capital de giro chegam aos pequenos negócios até julho. O lançamento dessa nova linha de crédito será na sexta-feira (17), no Mutirão de Crédito Orientado do Grande ABC, em São Bernardo do Campo (SP). Na ocasião, a equipe do Fundo de Aval da Micro e Pequena Empresa (Fampe), do Sebrae, vai orientar empresários da região sobre a forma de usá-lo como garantia para empréstimos.

O Projeto Travessia é composto pela promoção do fundo de aval e pelo financiamento de R$ 5 bilhões em recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), com juros entre 17% e 19,5% ao ano. O crédito é destinado a micro e pequenas empresas que se comprometam a manter vagas de emprego no prazo de um ano e contratem um Jovem Aprendiz, caso tenham mais de dez funcionários.

“Os recursos vão dar oxigênio às empresas para atravessar esse momento de crise, segurar os empregos e ainda gerar oportunidade de trabalho para jovens entre 14 a 24 anos. O Sebrae está fazendo algo inédito, que é dar orientação para acesso a crédito e aval para financiamento em uma só tacada”, explica o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

O limite de financiamento é de R$ 200 mil por empresa, com prazo de pagamento de até 48 meses e seis meses para começar a pagar. Os empréstimos serão operados pelo Banco do Brasil (R$ 2 bilhões de depósitos especiais do FAT para micro e pequenas empresas) e demais bancos – R$ 3 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), originários do depósito constitucional de 40% do FAT. Do valor total previsto para a linha, 30% dos contratos devem atender a microempresas, que faturam até R$ 360 mil por ano.

A experiência do Mutirão de Crédito Orientado deve se reproduzir em outras regiões metropolitanas, mas o cronograma ainda está sendo elaborado.

Descomplicando

Pesquisa realizada em 2015 pelo Sebrae mostra que a maioria dos pequenos negócios se financia fora do sistema bancário: negociam prazo com fornecedores (67%), usam cheque pré-datado (46%) e especial (29%) e cartão de crédito empresarial (28%), números que mostram que muitos usam mais de um desses recursos. O Projeto Travessia vem justamente para mudar esse quadro.

Além do lançamento da linha para capital de giro, os empreendedores da região poderão, no dia 17, ter mais informações sobre o fundo de aval do Sebrae, o Fundo de Aval as Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que existe há 20 anos e possui mais de R$ 700 milhões em recursos.

Serviço:

Mutirão de Crédito Orientado do Grande ABC

Sexta-feira, 17/6, das 9h às 17h

Local: Senac São Bernardo do Campo (Av. Senador Vergueiro, 400 – Centro)

Outras informações: 11 4433-4270

A entrada e todas as atividades são gratuitas

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 3243-7851
(61) 3243-7852
(61) 2104-2770
imprensa@sebrae.com.br





Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve cadastrar seus dados e aguardar moderação. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.